+351 214 866 440 geral@timelink.pt

Cashflow

O módulo “Cashflow” utiliza-se para esboçar as condições necessárias de financiamento dum projecto de construção, de modo a permitir uma rápida optimização, com fácil acesso e controlo.

Especificações

  • Modelos de financiamento
  • Integração com a Orçamentação e o Planeamento
  • Prazos de pagamento
  • Taxas de Inflação
  • Planos de Pagamento
  • Empréstimos e Adiantamentos
  • Retenções de garantias de clientes e de subempreiteiros
  • Juros nos empréstimos e depósitos a prazo
  • Cálculo do Valor Actual Líquido (NPV)
  • Modelos de financiamento em várias moedas
  • Relatórios analíticos e exportação de dados.

Pagamentos

Podem-se definir os prazos de pagamento de facturas aos fornecedores e subempreiteiros, juntamente com o agravamento previsto dos custos e valores. No cálculo do projecto de financiamento da obra, podem ser definidas taxas de juro, retenções para garantias, adiantamentos e outros factores de mercado.

Receitas

Os pagamentos efectuados pelo cliente podem ser referentes aos autos mensais, ou podem ser pagamentos parcelares predeterminados ou, ainda, podem ser limitados a um valor máximo mensal.

Valor Actual Líquido

O Valor Actual Líquido (NPV) do “cashflow”, é obtido a partir do cálculo do “cashflow” semanal. Isto pode ser visto quer sob o ponto de vista do cliente, quer do empreiteiro. Além disso, são elaborados resultados semanais dos “cashflows” e previsões de saldos bancários, juntamente com os valores mensais facturados e de custo.

Moedas estrangeiras e taxas de câmbio

Tal como no Sistema de Orçamentação, o Programa “Cashflow” pode trabalhar com um máximo de 16 moedas estrangeiras e pode aceitar dados da Orçamentação em várias moedas. As taxas de câmbio entre cada moeda e a moeda base, usada na orçamentação, podem oscilar ao longo do tempo, dando ao utilizador a possibilidade de ver os efeitos da flutuação da moeda, num projecto.

Integração com a Orçamentação e o Planeamento

O Programa “Cashflow” aceita dados vindos directamente do Sistema de Orçamentação do CANDY, da integração da Orçamentação com o Planeamento, ou por introdução manual ou, ainda, por combinação destes três métodos. Desta forma, gera um modelo financeiro indicando pormenorizadamente quando devem ocorrer os pagamentos (outflows) de mão-de-obra, equipamento, material, etc., e o respectivo recebimento (inflows) correspondente ao realizado.

Ao testar diferentes modelos de CashFlow, com parâmetros diversos e comparando os resultados do NPV, pode determinar-se a melhor estratégia para a proposta do concurso, de modo a maximizar o reembolso do investimento.

Saiba mais....

Gostaria de saber mais sobre o Sistema Candy e como ele o poderia ajudar na sua empresa?
Peça uma demonstração e veja por si mesmo o que Sistema Candy pode fazer pelo seu negócio.

Peça uma demonstração......