Orçamentação

O Sistema Candy ajuda a padronizar a orçamentação no escritório do empreiteiro. Está implementado na indústria da construção a nível mundial e é actualizado, regularmente, para dar resposta às necessidades do utilizador e às novas exigências do mercado.

Especificações

  • Orçamentação analítica com base nos rendimentos dos recursos
  • Bases de dados de preços unitários de artigos e recursos
  • Importação de mapas de quantidades electrónicos
  • Modelos de documentos personalizados
  • Folhas de cálculo de preços compostos em formato livre
  • Análise de recursos e valores • Análise de produtividade e desperdícios
  • Orçamentos e recursos em diferentes moedas
  • Análise de propostas e bases de dados de subempreiteiros e fornecedores
  • Propostas alternativas
  • Editor de relatórios e exportação de dados
  • Integração com o Planeamento e Cashflow.

Orçamentação

Com o Sistema Candy, o orçamentista pode preparar uma proposta com rigor e rapidez e identificar facilmente os elementos críticos de um orçamento. As bases de dados de artigos permitem uma composição de preços consistente, precisa e bem documentada e com Recursos envolvendo até 16 moedas estrangeiras. As alterações são efectuadas de forma controlada, minimizando os erros e tornando mais rápida a preparação dos orçamentos. As Listas de Preços Unitários podem distribuir-se por capítulos, especificações e descrições de várias linhas. As bases de dados de artigos e a importação de listagens de clientes, em vários formatos, tornam mais rápida a criação de articulados.

Custos Indirectos

Os Custos Indirectos são calculados numa lista de quantidades separada, mas dentro do orçamento. Esta lista contém todas as ferramentas disponíveis nos sistemas de Orçamentação e Planeamento, possibilitando uma lista de preços que se modifica com o planeamento dos Custos Indirectos.

Worksheets de formato livre

Os preços unitários podem obter-se numa folha de cálculo analítica, sem formatação específica, tendo por base os recursos e os rendimentos de produção. Na folha de cálculo podem ser incluídos comentários e notas justificativas. Este procedimento assegura que todos os que estão envolvidos na Orçamentação ou, posteriormente, na Produção, tenham um completo conhecimento de como foi estimado o preço.

Há dois tipos de recursos: os recursos simples, que mostram o preço de custo de um artigo, na moeda em que foi adquirido e os recursos compostos criados a partir de outros recursos. Pode ainda um artigo ser preçado directamente, com um preço unitário seco, ou atribuindo um preço unitário aos componentes definidos pelo utilizador, tais como mão-de-obra, material, equipamento, etc. Também é possível ter vários níveis de artigos compostos – artigos cujo preço é formado com os preços de outros artigos.

Subempreiteiros

Os artigos relevantes do mapa de quantidades são filtrados e copiados para os respectivos mapas comparativos de subempreitadas, para análise e selecção. Os preços unitários escolhidos, das subempreitadas, são transferidos directamente para o orçamento. Uma aplicação semelhante existe para a análise das propostas de fornecimentos de recursos.

Orçamentação alternativa

Permite que o técnico efectue todos os cálculos num orçamento base, mantendo interligadas até 8 propostas alternativas com diferentes soluções a considerar

Aplicação de Margens

Os preços unitários podem ser majorados por artigo, por especialidades, páginas ou por tipos de recursos. Em mapas de quantidades que utilizem vários tipos de moedas, a majoração pode fazer-se separadamente para a moeda local e estrangeira.

Relatórios

Está disponível um vasto conjunto de relatórios normalizados e um editor de relatórios, com o qual se podem personalizar, com uma boa apresentação, listagens para clientes, ou para uso interno.

Integração do Orçamento com o Planeamento

Os itens do mapa de quantidades podem ser atribuídos às actividades do Planeamento. Deste processo de interligação resulta uma previsão temporal rigorosa de quantidades e de custos. As previsões podem ser obtidas para valores e quantidades dos itens do orçamento, individualmente por recursos simples ou compostos, ou por naturezas de recursos. Qualquer alteração que seja efectuada no planeamento, ou no orçamento, será imediatamente reflectida ao ser elaborada uma previsão de cargas de recursos ou de valores.

Previsões imediatas do cashflow

Uma vez concluída a interligação do orçamento e do programa, pode transferir-se informação daqueles sistemas para o módulo cashflow. Este procedimento assegura que todos os itens são incluídos e que o modelo cashflow está de acordo com o orçamento. Este processo permite testar facilmente as propostas alternativas e, logo que o valor da última proposta esteja disponível, seja considerado na previsão do cashflow

Concluir a proposta

Podem fazer-se alterações à última da hora, com confiança e, a velocidade de cálculo permite, de imediato, optar por estratégias alternativas.

Find out more.....

Gostaria de saber mais sobre o Sistema Candy e como ele o poderia ajudar na sua empresa? Peça uma demonstração e veja por si mesmo o que Sistema Candy pode fazer pelo seu negócio.

Request a demonstration.....

This page is also available in: Inglês, Espanhol